Este website usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao navegar no website aceita que os usemos. Para saber mais, por favor leia os Termos de Utilização.

Record por C-Studio

Partilhar nas Redes Sociais

Leite, Energia e Desporto
Desafiar Rotinas

É melhor correr na rua ou no ginásio?

Será que há uma só resposta certa? Saiba quais consideramos as vantagens e os inconvenientes de cada um dos locais.

Publicado em 04-Abr-2019

Se perguntar a qualquer adepto da corrida o que prefere, correr ao ar livre ou correr numa passadeira, vai com toda a certeza obter respostas muito diferentes. Alguns puristas dizem que não suportam a monotonia de correr sem sair do mesmo local e defendem que a passadeira é muito menos exigente do que a estrada (e as calorias gastas associadas aos treinos fora do ginásio são significativamente maiores); outros que não conseguem encontrar motivação para acelerar o ritmo sem controlos manuais e que uma passadeira os força a manter níveis de velocidade e desempenho que nunca alcançariam ao ar livre.

A verdade é que, em última análise, não há resposta certa ou errada para esta questão. Ambas as metodologias têm prós e contras com base nas necessidades e objetivos de treino de cada um. Ora vejamos.

Vantagens de correr na passadeira

  • Para quem está a começar, correr na passadeira, em ambiente indoor, é o ideal. Aparentemente mais fácil do que correr ao ar livre, uma vez que evita os declives do piso e pode escolher uma velocidade constante (e mais cómoda).
  • A passadeira amortece e absorve a pressão efetuada pelo movimento do atleta. Também não sentirá o efeito do vento a empurrá-lo para trás.
  • Enquanto corre pode controlar a intensidade, bem como a velocidade e a inclinação (os graus necessários de inclinação da passadeira para simular a dificuldade de correr ao ar livre são 1,5), apenas com um clique. Também pode monitorizar mais facilmente, tanto o tempo e a distância que lhe faltam, como as calorias que vai queimando, a velocidade, pulsações e outros dados.
  • Nos ginásios mais modernos já pode ouvir música ou ver televisão enquanto corre, tudo na máquina da passadeira.
  • Correr num ginásio significa que pode intervalar a corrida com exercícios de força, nos vários aparelhos disponíveis.
  • É uma opção segura a qualquer hora do dia. Além disso, o facto de ter um ambiente e temperaturas controladas, independente das questões climáticas, evita desculpas para não ir treinar.

Desvantagens

  • O ambiente de ginásio é menos saudável por causa do ar condicionado (isto se a alternativa não for correr no meio da cidade, entre os escapes dos automóveis).
  • Sem ar natural vai cansar-se mais rapidamente do que se estivesse na rua.
  • A passadeira é menos exigente do que a estrada, um dos motivos que levam os verdadeiros amantes do atletismo a preferirem a corrida ao ar livre.
  • Dependendo de pessoa para pessoa, poderá sentir-se aborrecido por estar sempre a correr no mesmo sítio, o que poderá funcionar como fator de desmotivação.
  • Tem de pagar a mensalidade de um ginásio.

Vantagens de correr ao ar livre

  • Pode correr quando lhe apetecer e sem restrições de horários, poupando a mensalidade do ginásio.
  • Pode fazer um percurso diferente todos os dias e ir onde quer, ver o que quer.
  • Não precisa de máquinas, só de si e de umas boas sapatilhas e roupa cómoda de tecido transpirável.
  • Oxigena mais os pulmões e aumenta a sua capacidade de resistência e rendimento.
  • Correr junto ao mar ou num parque e respirar ar puro aumenta os níveis de energia, de autoestima e de bom humor. Além disso, ao apanhar sol, ativa a produção de vitamina D no seu corpo, muito importante para prevenção de osteoporose, cancros e doenças cardiovasculares, sendo também um reconhecido antidepressivo.
  • Os fatores externos na corrida ao ar livre são mais instáveis, o que pode levar a um esforço superior e a um maior consumo de calorias, sobretudo porque o consumo de oxigénio em ambiente exterior é sempre maior.
  • Há quem defenda que fazer percursos em pisos diferentes reforça e fortalece ligamentos e articulações, o que ajuda a evitar futuras lesões.
  • Caso queira participar numa prova é importante ter noção das condições reais do que é correr fora do ginásio, num ambiente semelhante ao que encontrará.
  • Pode correr à chuva… é uma sensação única e que muita gente aprecia.
  • Correr com quem quiser, mesmo que essa pessoa não ande no seu ginásio, e em grupos grandes.

Desvantagens

  • Os obstáculos no terreno ou asfalto podem forçar em excesso as articulações e provocar lesões com mais facilidade.
  • Os fatores externos na corrida ao ar livre são mais instáveis, pelo que se começar a correr naquelas semanas de muita chuva, pode correr o risco de desistir mais facilmente do que se treinar num ginásio.
  • Nos meses de verão, o calor pode tornar o risco de desidratação bastante alto ou fazer queimaduras solares.
  • O ambiente é menos controlado tanto a nível de piso, quer a nível de segurança. É preciso ter atenção à falta de visibilidade ao anoitecer.
  • Se usar auriculares para ouvir música enquanto corre, tenha atenção redobrada. A falta de audição pode causar acidentes.

Como pode verificar, não existe uma opção ideal. Ambas têm vantagens e desvantagens. O ideal é utilizar os dois métodos, usufruindo do que ambos têm de bom para preparar o corpo da melhor forma possível.

Qualquer que seja a sua escolha, no ginásio ou na rua, há algo que não pode descurar: a hidratação após o treino. O consumo de líquidos é essencial para repor o que perdemos ao transpirar. Está demonstrado que o leite tem aqui um papel de destaque pois ajuda na reposição não só de água, mas de sais minerais e nutrientes essenciais para o funcionamento do organismo. Se hoje correu na rua e amanha quer ir correr na passadeira, precisa de um aliado para melhorar a sua recuperação e é aqui que entram os hidratos de carbono e as proteínas, que o ajudam na reparação dos danos musculares e contribuem para o crescimento e manutenção da massa muscular.

Aprenda a melhorar o seu treino

Um alimento elementar em qualquer dieta equilibrada e variada

Mimosa Passeio da Família Março 2019